Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘violência’

O comercial é tão bonito que vale um repeteco em um post exclusivo!

Já tinha falado aqui desse comercial , versão espanhol,  só que agora foi adaptado para o Brasil e ficou tão bom quanto! Com um acréscimo: “Enquanto alguns destroem o meio ambiente, 98% das latinhas de alumínio já são recicladas no Brasil”. Dá um orgulhozinho saber disso, mas será que estamos fazendo nosso papel?!

 

 

Uma curiosidade é que a música Whatever, cantada pelas crianças, diz basicamente que somos  livres para fazermos o que quisermos e responsáveis por isso, ou seja, livres para acreditar ou não, algumas razões para isso estão ai.

Bom fim de semana!

Bjs

Read Full Post »

Em meio a corrupções, guerras e violências, a coca-cola encontrou um jeito de mostrar razões para acreditar num mundo melhor. Criado pela agência argentina Santo Buenos Aires…

Redação impecável, imagens marcantes e a trilha de um coral formado por aqueles inocentes  que simbolizam a esperança! É aquele comercial que não tem o que tirar e o que por. O ponto alto desse filme está nas razões para acreditar, que dão o ponto de vista que o telespectador desconhecia. Adorei! Mais uma vez a força da marca que permite pintar e bordar na estratégia emocional.

Espero que tenham gostado!

Até o chá!

Bjs

Read Full Post »

Eu sou o tipo de pessoa que sou encanada com tudo. Odeio, mas sou a típica mulher amedrontada da cidade grande. Estou sempre segurando a bolsa perto do corpo, na rua só ouço iPod em um dos ouvidos, estou sempre olhando para os lados, fico observando se ninguém chega muito perto…Esses são os tristes efeitos colaterais de morar em um país tão desigual e em uma cidade onde violência urbana, infelizmente, faz parte do dia-a-dia. Dentro das minhas encanações, com certeza, está pegar táxi…tento sempre usar companhias conhecidas, mas às vezes você precisa pegar um daqueles carros que estão ali, passando pela rua, e isso é sempre um tormento pra mim. Na hora minha consciência solta a voz da minha mãe dizendo “Não pega Táxi sozinha na rua que é perigoso”!

Bom, se eu morasse no México, mais especificamente na cidade de Puebla, eu não precisaria mais passar por isso. Em outubro deste ano foi colocada nas ruas do município uma frota chamada “Pink Taxi“. Fácil de identificarA frota conta com 35 carros rosa, todos dirigidos por mulheres e que circularão 24 horas por dia, atendendo o público feminino. Este não é só um agrado para a mulherada não, mas principalmente uma ação que visa a proteção, já que existe um grande número de queixas de roubo e abuso em táxis no país. A ideia gerou uma certa polêmica, sendo até chamada de “sexista” mas Sandra Montalvo, diretora do Instituto Municipal da Mulher, garante que não e afirma que “A ONU e todos os tratados internacionais sobre igualdade de gêneros permitem estas ações discriminatórias que têm por objetivo ajudar a reduzir a brecha entre homens e mulheres que ainda existe. São as chamadas ações afirmativas.” Também segundo ela, a ideia é em breve criar ônibus que ofereçam o mesmo serviço.

Todas as motoristas são mulheres.

Eu achei ótima a ideia! E sabe o que é o mais curioso? Eu fiquei sabendo sobre este serviço em uma lista que enumera os 10 Serviços mais bizarros que você pode contratar! Só não entendi o que tem de bizzaro nisso…a ideia é brilhante! (Alguns dos outros serviços são bizarros mesmo e vale a pena ler para dar umas risadas)

Leia mais aqui e aqui.

Táxi!!

Read Full Post »

Olá Garotas e Garotos!

O tema Violência contra a Mulher é meio batidão, embora não deixe de ser importante. Não vamos discutir o cerne da questão; a idéia é trazer para vocês algumas campanhas publicitárias sobre o assunto.

A Mccann Erickson da Romênia desenvolveu uma peça chocante – o que ao meu ver é 100% eficiente em casos desta natureza. Observe o telefone público adesivado, onde o fone representa um braço de um homem.

orelhao1

Após tirar o telefone do gancho, o olho roxo da mulher agredida fica exposto, assim como o telefone de contato para realizar denúncias contra esse tipo de violência.

orelhao2

Tendemos a achar que o perfil da mulher que sofre agressão resume-se a dona de casa, frágil e dependente. O comercial desenvolvido para a Women’s Aid de UK, estrelado pela atriz mundialmente conhecida Keira Knightley mostra um outro lado.

Não existe um estereótipo definido para mulheres que sofrem agressão; mulheres modernas, trabalhadoras e independentes também fazem parte das estatísticas. Infelizmente o vídeo, produzido pelo cineasta Joe Wright, foi censurado por exibidas cenas muito fortes para a televisão britânica.

O Governo de Canberra, Austrália, também apóia a causa. Veja:

No Brasil, temos muitas campanhas, mas selecionei algumas não tão pops.

Campanha Mulheres Donas da própria vida: É uma campanha nacional desenvolvida em conjunto pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Fórum Nacional para o Enfrentamento da Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta

Campanha Mulheres Donas da própria vida: É uma campanha nacional desenvolvida em conjunto pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Fórum Nacional para o Enfrentamento da Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta

Campanha do laço branco (White Ribbon Campaign) – Homens pelo fim da violência contra a mulher

Muito interessante, homens apoiando a causa.

Trabalhando junto a diversos órgãos das Nações Unidas, particularmente o UNIFEM, e em parceria com organizações de mulheres, esta Campanha também foi implementada em diferentes países, ao longo das duas últimas décadas: na Ásia (Índia, Japão e Vietnã), Europa (Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Espanha, Bélgica, Alemanha, Inglaterra e Portugal), África (Namíbia, Quênia, África do Sul e Marrocos), Oriente Médio (Israel), Austrália e Estados Unidos.

wagner

lazaro

lucio

Mais informações no site da iniciativa.

O que acharam, pessoal?

That’s all folks!!

Read Full Post »