Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘chinelos’

Hello, hello! Eu sei que para muita gente o ano se divide em A.C e D.C – antes do carnaval e depois do carnaval, mas quero saber  quem se lembra do post sobre o making of do anúncio de Havaianas? Vou contar para vocês que ele bombou e foi o orgulho da mamãe, já que até o Marcello Serpa himself veio checar e rettuitar! (muito obrigada pela honra, Marcello!) Olha, eu amei aquele making of, mas se tem uma coisa que me dá gosto mesmo de ver é campanha casadinha. Daquelas que as mídias se conversam e que a criação de todas as peças fica tão redondinha que, quando você vê um banner de internet, por exemplo, você lembra do anúncio. E, de preferência de forma não muito óbvia. E olha Havaianas aqui “travez” mostrando porque possui uma das melhores estratégias de comunicação do Brasil, além claro, de uma criação de dar inveja branca. Eu estava dando uma olhadinha no site da TPM antes do carnaval quando vejo o seguinte banner:

Vamos ver mais de perto?

Aí eu claro que fui fuçar e foi quando eu lembrei direitinho do making of. Eram os mesmos elementos que eu vi o pessoal mexendo na praia para deixar tudo perfeito…mas agora quem mexia com eles era eu!

Mexi aleatoriamente nos desenhos para vocês verem como era.

Cliquei para ver mais sobre a promoção que é a seguinte: você cria um estampa de Havaiana, manda para eles, escolhendo qual dos três destinos você quer ir: ilha da sofisticação (Ilha do Papagaio), ilha da balada (Angra dos Reis) ou ilha da natureza (Arquipélago de Abrolhos). Escolhida a ilha, você faz o upload do seu modelo que pode ser feito de forma simplificada no site mesmo, através da combinação de estampas pré-definidas ou totalmente personalizada. Na segunda opção você pode baixar um modelo em branco de Havaianna e criar a vontade no seu programa gráfico de preferência. Depois é só mandar um jpg, png ou gif e chamar os amigos para votar. O modelo mais votado ganha uma viagem com  5 acompanhantes para o destino que escolheu mais 150 pares da Havaiana que criou.

Para quem não sabe, eu já tenho uma certa experiência nesse negócio de criar Havaiana. Acontece que nossa garota Paulinha AMA as sandálias e é conhecida desde os tempos de faculdade por possuir muito mais modelos do que dedos do pé. Em um certo aniversário, mandei a idéia para as outras garotas de dar uma Havaiana personalizada para a Paulete. Resultado?

A arte é de Qau Snevlan

Aí eu não pude deixar de colocar a minha Havaiana personalizada no site né? Mas aí que este post começou a ir ladeira abaixo. Fiz um layout com um dos meu diretores de arte, mas quando tentei subir no site: fom, fom fom (clique e aperte o play)…não dava pra fazer de Macintosh. Salvei e fui tentar em casa e: fom, fom, fom. Não coube direito e a imagem estava salva com a alça, o que só na hora de subir deu para ver que não era o certo. Mas eu sou brasileira e não desisto nunca. Deixei de lado o modelo pronto e perdi um belo tempinho criando a minha direto no site. Ficou bem bacaninha e eu já estava planejando vir aqui pedir os votos de vocês, com o argumento de que se eu ganhasse vocês saberiam em primeira mão como tinha sido a viagem, digo, a conclusão da promoção. Mas aí veio o fail do século e na hora de finalizar a inscrição, deu algum pau e minha Havaiana subiu no site sem alguns dos elementos que eu havia colocado. O detalhe é que cada pessoa só porde colocar um modelo e não pode editar. 😦

Mais ou menos metade do era para ser minha Havaiana personalizada.

Adorei o making of, a divulgação em internet e também a promoção. Pena que esses problemas com o site tiraram todo o brilho da ideia. E no final das contas minha chance de viajar ficou: fom, fom, fom…

Read Full Post »

Flash Mob é o tipo de ação que um grupo de pessoas se aglomera em um lugar público para alguma ação inusitada, geralmente é organizada pela web. Sempre senti falta de uma ação desta bacana que fosse brasileira. Ainda mais porque somos um país criativo e bem sucedido na esfera publicitária. Essa semana vi um vídeo que poderia ter suprido essa falta. Poderia.

Achei super original a ideia de comemorar a entrada do verão em Copacabana batendo palma com havaianas. Havaianas, verão, praia = tudo a ver. Genial, porém, na minha opinião, pecaram na execução. Achei a ação em si bem fake, o vídeo muito produzido, pouco espontâneo e com carinha de comercial.

O mais legal das ações de flash mob é ver a galera surgindo do nada, a reação de quem não sabia e depois a dispersão. Achei que neste vídeo não dá para perceber essa reação de surpresa, nem dá para ter noção de quantas pessoas estavam ali. Eles dizem que foram centenas, mas não parece. Também acho que poderiam ter pego uma visão mais panorâmica da praia.

No geral gostei, mas acho que faltou algo. Aqui embaixo as três ações de flash mob que eu mais gosto para vocês compararem.

Quem conhecer outras, manda aí.

Read Full Post »

Confesso, sou suspeita para comentar o comercial da Havaianas.

Eu sou o tipo de consumidora que alguns marketeiros chamam de “Apóstolo”, aquele que é fiel, está satisfeito, defende a marca, ama, divulga, participa e coleciona. Nessa brincadeira, na sapateira do meu armário só tem Havaianas (os outros calçados ficam debaixo da cama). Eu estipulo que ali ficam 20 pares de Havaianas.

Não é só o produto que me encanta, mas também o case de uma das bem mais sucedidas estratégias de marketing de um produto brasileiro. Lançadas em 1962 as Havaianas tinham como público as classes baixas, mas em 93/94 houve uma alteração em todo Mix de Marketing (produto, preço, promoção e praça) que reposicionou a marca de maneira histórica. Além dos inúmeros modelos que são lançados de tempos em tempos, o que tornou o produto um artigo de moda, iniciou-se a f’órmula que rege os comerciais até hoje, humor+celebridades e o slogan “Havaianas. Todo mundo usa”.

O comercial acima foi feito pela AlmapBBDO e o famoso da vez é o ator Cauã Reymond e segue a mesma linha dos anteriores. Alguns acreditam que este formato já esteja desgastado, mas eu não concordo e fico esperando pelo próximo comercial. E vocês? O que acham?

Read Full Post »