Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Mercado’ Category

Tomadinhas cantam parabéns

Para comemorar o primeiro aniversário do Nissan Leaf, o carro elétrico da marca, a agência TBWA  criou o simático comercial que mostra tomadas cantarolantes. O mais simpático das tomadas é que elas realmente parecem um rostinho, e só isso deixa o comercial super fofo.

Eu acho sensacional que um carro desse esteja conquistando mais e mais consumidores (já são 19 mil proprietários). Me parece uma grande saída para diminuir a poluição atmosférica.

Sabiam que Paris lançou um projeto de aluguel de carros elétricos? Leiam mais aqui!

Read Full Post »

Amigos jornalistas, nada pessoal. Conheço muito cara bom, assim como conheço muito profissional fraco. Tem publicitário ruim, tem médico ruim. Desinformação não é exclusividade de nenhuma profissão.

Com certeza você já passou pela seguinte situação: uma rodinha de amigos e conhecidos e surge um assunto do qual você nunca ouviu falar. E aí alguém vira para você e pergunta “Você sabe né, Oswaldo, aquela balada da moda em Piracicaba, com certeza você já ouviu falar”. E aí você, se sentindo o ser humano mais nerd e forever alone da roda diz “Claro, tô lá toda semana”. Se disser que nunca mentiu para parecer informado, antenado, é mentira.

Pois bem. Estourou nessa semana um caso de fail no jornalismo esportivo que mereceu o primeiro post do dia. Conhecem o craque Bruno Camargo, do Chelsea B.?

Não, você não conhece. Não pague o mico de dizer que sim. Simplesmente porque ele NÃO EXISTE.

Torcedores fanfarrões criaram Bruno e mais uma coleção de indícios de sua existência: verbete no Wikipedia (que já foi retirado, btw), um vídeo com gols do cara e notícias de que o cara seria contratado pelo Grêmio.

E alguns jornalistas caíram feito patinhos.

Em uma rádio gaúcha:

No twitter de vários jornalistas locais, exemplo abaixo:

Aí eu fico pensando… Se nós Garotas fazemos tanta pesquisa antes de escrever por aqui (e ainda assim comemos algumas bolas de vez em quando)… Custa tanto assim fazer valer o diploma a pena, gente?

Não é a primeira e nem será a última vez que veremos essas coisas. Caso vocês lembrem de algum outro caso, mandem para a gente!

Read Full Post »

A verba de uma campanha nunca limita a criatividade. O publicitário talentoso é aquele que cria uma campanha criativa que caiba no bolso do cliente. Apesar de existir gente que use o baixo investimento como justificativa de um resultado ruim, o comercial do Refrigerante Xamego está aqui para provar o contrário. Sim, é possível fazer algo tosco com muito dinheiro. O comercial abaixo foi veiculado no horário nobre da TV Globo.

Ah, acho que entendi o que aconteceu aqui. Gastaram todo o dinheiro da campanha em mídia e não sobrou para:

– Criar um cenário decente para uma fábrica encantada, deu só para o estagiário de computação gráfica.

– Confeccionar fantasias decentes de fadas, deu só para pegar o que cada uma tinha no armário. (e tem uma que destoa do grupo com uma fantasia de grega ou seria de formatura?)

– Gravar uma cenas externas, sobrou para o mesmo estagiário criar um caminhão e uma cidade.

– Pagar o locutor, deu só para o slogan.

– E principalmete, CRIAR SUA PRÓPRIA EMBALAGEM! É igual ou não é a embalagem do Guaraná Antarctica? Comparem:

Sério, acho que encontrei algo pior que Dolly ou Duloren.

Read Full Post »

D'OH!

Criada por uma parceria entre a cervejaria belga Haacht Brewery e o mexicano Rodrigo Contreras e já comercializada em outros países, a Duff Beer chega ao Brasil no finalzinho de novembro.

Será que vão inaugurar um Moe's tb?

A cerveja puro malte será vendida por cerca de R$10.

Quem quer?

Read Full Post »

Bem feito para Americanas.com, bem feito para Submarino e bem feito para Shoptime.

Já não é de hoje que algumas gigantes do e-commerce estão de “fuleiragem” com a cara do consumidor. Mas parece que as coisas estão mudando.

O Procon determinou que as três empresas acima ficarão fora do ar por 72h e deverão pagar uma multinha de R$ 2 mi.

Seria lindo se não coubesse recurso. Mas cabe. Ah, já é um começo, né?

Read Full Post »

Você já deve ter ouvido falar, que a população está com a expectativa de vida mais alta, certo?

Segundo o IBGE, no Brasil, há 19 milhões de pessoas com mais de 60 anos, o equivalente a 10% do total.

Pois isso, esse é um assunto que tem muito pano pra manga, pois além de termos um novo nicho de consumidor se formando, também temos um grande buraco a ser preenchido pelo mercado.

Algumas empresas já começaram a se movimentar para agradar esses “novos velhos”, mas ainda não é nada expressivo.

Por isso é importante entender que assim como a geração Y é bem diferente da geração X, Z e etc. Os idosos de hoje em dia também são bem diferentes de décadas atrás. Hoje, chegam aos 70 anos planejando o futuro e não se sentem “velhos” esperando a vida acabar.

É aí que está o ponto e talvez a oportunidade de fazer a diferença: se posicionando de uma forma que os agrade e não como vovózinhas que apenas tricotam e assistem novela.

Vejo minha avó, por exemplo, que tem computador, joga joguinhos, tem e-mail e está até nas redes sociais. Claro, que não adianta desenvolver uma campanha focada na internet, que não é onde esse público está a maior parte do tempo, porém é importante estar atento que ele já está começando a fazer parte disso também e fará cada vez mais, já que nós somos as próximas gerações de idosos que virão por aí.

Os segmentos que mais têm se destacado com este público são os planos de saúde (que por sinal faturam horrores) e as agência de viagens que fazem excursões segmentadas.

E uma marca que me chamou bastante atenção, foi a Natura, que criou uma linha específica para este público: a LINHA Vôvó.

A começar pela escolha do nome, achei de muito bom gosto, pois faz a brincadeira com a fonética da palavra e ao mesmo tempo agrada tanto os vovôs e as vovós.

Porém o vídeo de lançamento da linha, me decepcionou um pouco, pois esperava “avós de verdade” e eles abordaram um outro conceito: os laços que devem ser explorados entre netos e avós. Confiram:

 

Achei que as avós estão mais para mães do que para avós. E por isso que acredito que por mais que as marcas estão começando a pensar nesse público, ainda estão muito no começo.

Não seria interessante assumir e ter nos comerciais senhoras com rugas mesmo? E que tudo bem tê-las, por que o tempo faz isso mesmo com todos nós. Mas que para cuidar dessa pele com experiência existem produtos especiais, por exemplo.

Pra mim ficaria mais real. E vocês o que acham?

Espero que tenham gostado.

Bj Bj

Read Full Post »

A lei seca e os terríveis acidentes de trânsito que envolvem motoristas embriagados tem mudado a forma das marcas de cerveja de fazer comunicação.

Hoje, muitas marcas estão preocupadas em divulgar o consumo responsável de bebidas alcoolicas. Por esse motivo a agência AlmapBBDO criou o bafômetro Da Boa. Uma máquina de bafômetro interativa que mostra o quão fraco pode estar seu julgamento após ingestão de algumas doses.

A brincadeira com a mulher feia que fica bonita é batida. O melhor do vídeo é desconto de táxi emitido para consumidores embriagados.

Só espero que este vídeo não seja apenas um case como tantos outros que vimos por aqui, que só servem para levar prêmios. Que essa máquina não tenha sido a única e que outros bares tenham recebido essa ação.

Read Full Post »

Older Posts »