Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 8 de novembro de 2010

“Eu não sei o que os homens pensam”. Quase toda mulher já deve ter dito ou pensando isso pelo menos uma vez na vida. Um site pode ser um bom caminho para descobrir. O The Man’s Guide to Love saiu em busca de conselhos amorosos, de homem para homem, perguntando por aí: se você pudesse dar um conselho sobre amor para outro homem, qual seria?

Os vídeos com as respostas são postados no site e bem, nem todos são tão românticos e fofos quanto a proposta pode dar a entender. Mas alguns realmente são ótimos conselhos…hahaha!

Homens, fica a dica! (E mulheres, vamos descobrir o que eles falam só entre homens, rs)

Dica de @perlinpimpim, que deu RT em @helleng que, por sua vez, deu RT em @tuliopb. Ufa, quanto RT.

Read Full Post »

2020

Como você acha que estará o mundo daqui 10 anos? Essa é a pergunta a Ericsson fez para 20 pensadores das mais diferentes áreas de atuação em sua iniciativa Shaping Ideas. Diversos assunto foram tratados, transformando-se em 20 pequenos filmes. Um dos temas foi, claro, a propaganda. Bem, não propriamente dita. Jeffrey Cole, diretor da University of Southern California Annenberg School Center for the Digital Future e grande autoridade no tema internet, discorreu sobre o impacto da rede no futuro. Ele fala sobre conteúdo gerado pelo usuário e também sobre a vontade das pessoas de consumir conteúdo gratuito na internet. Aí que entra a propaganda. Bem, alguém tem que pagar pela geração de alguns tipos de conteúdo. Se não for você, usuário, quem será? A propaganda, oras…

É interessante perceber que muita coisa deve mudar no mundo, mas a forma como as pessoas querem consumir informação na internet, basicamente deve permanecer a mesma que a de hoje: de graça. (não toda, mas grande parte) Outro ponto interessante que ele levanta é que as pessoas dizem não gostar de “consumir” publicidade, mas preferem receber informação gratuita – mesmo que sejam obrigadas e engolir uma mensagem da marca x – do que pagar por conteúdo livre de propaganda. Isso me leva a pergunta: se a publicidade vai ser a grande patrocinadora da troca de informações gratuitas na internet, como será que ela será vista daqui há dez anos: como aproveitadora onipresente ou como uma plataforma que possibilita a distribuição de conteúdo de forma mais democrática?

O que vocês acham?

PS: Como eu não achei o vídeo traduzido eu mesma traduzi e legendei. Mas, como não sou tradutora, fiz uma tradução bem livre. LIVRE. Se tiverem interpretações diferentes, em vez de me xingarem, mandem sugestões pro e-mail do Garotas tá? Se quiserem ver o vídeo original corram aqui.

Read Full Post »